4 de jun de 2011

Brian Jones Presents The Pipes of Pan at JouJouka

As descobertas de um europeu famoso 
na África
The Pipes of Pan at JouJouka - 1971

Em 1968, Brian Jones viajou ao Marrocos para assistir ao JouJouka Festival, que acontece na vila de JouJouka em Ksar-el-Keber. 



Introduzido na vila por Mohamed Hamri, um artista marroquino que começou a promover o festival entre os poetas da Beat Generation, Brian Jones acabou gravando um disco: The Pipes Of Pan At JouJouka (As gaitas de Pan em JouJouka), que foi lançado em 1971, dois anos após sua morte.

Brian Jones


O festival de Joujouka acontece todos os anos e celebram ritos religiosos dos Sufis. o Sufismo é um ramo místico do Islamismo. 



Em 1968 houve uma celebração dedicada à figura de Boujeloud, um mito sufi que foi identificado por William S. Burroughs e Brion Gysin como uma versão de Pan, deus grego da música.

Dançarino em transe representando Boujeloud

William S. Burroughs e Brion Gysin (o primeiro foi um famoso escritor norte-americano, e o segundo um pintor inglês surrealista), estão entre as primeiras celebridades a conhecerem o festival de JouJouka. Eles foram até lá também por intermédio do pintor marroquino (e nativo da vila) Mohamed Hamri.


A música tocada no festival inclui tambores, gaitas e vozes ritmadas, numa pulsação que dura horas e que leva ao transe

Os músicos que a executam são conhecidos como Masters Musicians of JouJouka (mestres músicos de JouJouka). É uma tradição herdada de pai para filho.


Após a ida de Brian Jones ao festival, este passou a ser frequentado por muitas celebridades, e continua até hoje. 

Visitar a vila hoje em dia é possível, porém muito mais difícil. É preciso uma autorização e são permitidas poucas pessoas por vez, para que assim o festival possa continuar sendo realizado preservando suas tradicionais características.



O registro sonoro obtido por Brian Jones contém apenas uma amostra muito pequena do que é o festival ao vivo. O disco dura cerca de 30 minutos, mas cada faixa durou na verdade entre 3 e 4 horas.

Masters Musicians of JouJouka



capa e contra-capa



Fontes
O blog oficial do festival. Aqui há informações sobre como visitar e várias notícias:
Joujouka Festival.Blogspot 


Sobre as primeiras celebridades no festival e o mito de Boujeloud:
The Quiet Us.com

Resumo muito bom sobre o disco no All Music:
All Music.com 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics